Todos os dias, neste espaço, divulgo um poema da minha autoria para que a minha inspiração vos possa servir de guia.

Every day, in this space, I spread a poem of my authorship so that my inspiration can serve as a guide to all of you.

Receber poemas por / Receive poems by Email

Translate

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

É Noite de Reveillon / New Year's Eve

É hoje, é hoje
Que mais um ano termina
2014 está a acabar
Esta é uma festa que muitos fascina

É noite de réveillon
Há passas, champanhe e fogo-de-artifício
É uma festa mundial
Que se celebra sem sacrifício.

No novo ano gradualmente
Vão entrando todos os países
É uma noite de alegria
Em que não há lugar para crises.

Está na hora
De um novo ano abraçar
Soltar a alegria no corpo
E sair para a rua festejar.

18 de dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor, Poesias Mundanas.



It is today is today
That another year ends
2014 is ending
This is a party that fascinates many.

It's New Year's Eve
There are raisins, champagne and fire firework
It is a world party
That is celebrated without sacrifice.

In the New Year gradually
Go entering all countries
It is a night of joy
Where there is no place for crises.

It's on time
Of a new year embrace
Release the joy in the body
And get out there celebrate.

December 18, 2014

In Costa, Maria Leonor, Worldly poetry
 

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

O fim de ano / The end of year

O fim de ano
Está cada vez mais perto
Uma festa nos espera
E mais um ano passa, isso é certo.

Conto que seja melhor
Do que o ano que passou
Um período de pouca sorte
Que agora terminou

Este é o meu desejo
Para o novo ano que se aproxima
Deixar para trás o que correu mal
Tirar um peso de cima.

Que o ano de 2015
Traga mais paz e sorte
É o que desejo a todos
E que o meu espírito esteja mais forte.


18 de dezembro de 2014

In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.



The end of year
Is getting closer
A feast awaits us
And another year passes, that's right.

I count that is better
Than the past year
A period of bad luck
Is ending now.

This is my desire
For the new year to come
Leave behind what went wrong
Take a top weight.

That the year 2015
Bring more peace and luck
This is what I wish all
And that my spirit be stronger.

December 18, 2014


In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.

 


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Uma má notícia / A bad news

Uma má notícia
Nunca é bem recebida
Ela pode afetar e muito
O decurso da nossa vida.

Seja um problema de saúde
Seja outro problema qualquer
Afeta qualquer pessoa
Seja homem ou mulher.

O nosso cérebro
Precisa de tempo para refletir
Arrumar as ideias
E depois com a vida prosseguir.

18 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.



A bad news
It is never well received
It can affect and very
The course of our life.

Be a health problem
Be other problem
It affects anyone
Whether male or female.

Our brain
Needs time to reflect
Pack up ideas
And then the life continue.

December 18, 2014

In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.

 

domingo, 28 de dezembro de 2014

Se o arrependimento matasse / If repentance killed

Se o arrependimento matasse
Eu sem dúvida já teria morrido
Nada comigo dá certo
Na minha vida já nada faz sentido.

Fiz más escolhas
E agora tenho de viver com elas
Não sei que rumo tomar
E até aos santos eu acendo velas.

Procuro um sinal
Um aviso que me faça decidir
O rumo que à vida devo dar
Para melhor me sentir.

Preciso encontrar o meu trilho
O caminho do qual me afastei
A minha vida precisa de fazer sentido
E foi por isso que sempre lutarei.

18 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.




If repentance killed
I certainly would have died
with me nothing works
In my life has nothing makes sense.

I made bad choices
And now I have to live with them
I do not know which way to go
Even the saints I light candles.

Looking for a sign
A warning that make me decide
The course that I give to life
To better feel.

I need to find my rail
The path from which I walked away
My life needs to make sense
And that's why I always fight.

December 17, 2014

In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.


sábado, 27 de dezembro de 2014

Suspiro frequentemente / I often sigh

Suspiro frequentemente
O meu coração precisa de se dilatar
Respiro bem fundo
E encho a caixa toráxica com ar.

Suspiro aos sete ventos
Mas nenhum pára para me ouvir.
Deito para fora os desalentos
Que no meu peito se fazem sentir.

Repito este gesto
Várias vezes ao dia
Não são a solução para os meus problemas
Mas a sua repetição me alivia.

18 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.
  

I often sigh
My heart needs to expand
I breathe deep
And fill the chest cavity with air.

I sigh to the seven winds
But no one stops to listen.
I lay out the discouragements
That in my chest is felt.

I repeat this gesture
Several times a day
They are not the solution to my problems
But the repetition relieves me.

December 17, 2014

In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.

 


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

As prisões que arranjamos para as nossas vidas / The prisons that we arrange for our lives

As prisões que arranjamos para as nossas vidas
São fruto do apego
Temos de aprender a libertar-nos
Nada melhor do que o desapego.

A vida dos adultos é mesmo assim
Amarrados às convenções
Criam nas suas mentes castelos de areia
Que se tornam as suas prisões.

Cortar as amarras é necessário
Viver em liberdade
Não assumir compromissos
Com muita leviandade.

Falar é fácil
Mas nem sempre se consegue agir
Há ideias que nos são incutidas
E das quais não conseguimos fugir.

17 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Catarse das Palavras.


 The prisons that we arrange for our lives
They are the result of attachment
We must learn to free ourselves
Nothing better than detachment.

The life of adults is really like this
Tied to the conventions
They create in their minds sand castles
Which become their prison.

Cut the ties is necessary
Live in freedom
No commitments
Too lightly.

Talk is cheap
But not always we are able to act
There are ideas that are instilled in
And of which we can’t escape.

December 17, 2014

In Costa, Maria Leonor. Catharsis of Words.

  


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

O meu melhor presente de Natal / My best Christmas gift

O meu melhor presente de Natal / My best Christmas gift
A minha amiga Eva
Ofereceu-me uma linda pulseira
Feita por ela na véspera à noite
Fê-la com linhas à sua maneira.

Atou ao meu pulso com dois nós
É uma pulseira multicolor
O seu gesto foi muito carinhoso
Foi um ato de amor.

Este foi o melhor presente do meu Natal
Não pelo objeto em si mas pela atitude
Nada melhor se pode receber
Do que uma prenda com muita virtude.

17 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Poemas de Natal.


My friend Eva
She offered me a beautiful bracelet
Made for her in the night before
She made it with lines on her way.

She tied to my wrist with two nodes
It is a multicolor bracelet
The gesture it was very affectionate
It was an act of love.

This was my best Christmas gift
Not the object itself but the attitude
Nothing better can we receive
A gift with very virtue.

December 17, 2014

In Costa, Maria Leonor. Christmas poems.


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

É Natal, é Natal / It's Christmas, it's Christmas

É Natal, é Natal
Com a família vamos celebrar
Depois de jantar a uma boa mesa
Os presentes vamos trocar.

A festa começa logo de manhã
Com a sua preparação
Na cozinha nos reunimos
Numa grande animação.

Todos fazem alguma coisa
É preciso ajudar
Ás vinte horas, de vinte e quatro de dezembro
À mesa vamos nos sentar.

Comemos e brindamos
E aproveitamos para conversar
Depois de comermos
A mesa todos vamos levantar.

É o momento da troca de prendas
Que se segue então
Este é para a criançada
Eles não conseguem conter a excitação.

É já depois da meia-noite
Que a festa chega ao final
E assim se passa a noite da consoada
E amanhã já é dia de Natal.

17 de Dezembro de 2014
In Costa, Maria Leonor. Poemas de Natal.



It's Christmas, it's Christmas
Let's celebrate with the family
After dinner at a nice table
The gifts we exchange.

The party starts early in the morning
To their preparation
In the kitchen we met
In a large animation.

Everyone does something
We must help
At twenty hours of December 24
At the table we sit down.

We ate and toasted
And take the opportunity to talk
After eating
The table all go up.

It is the time of exchanging gifts
What follows then
This is for the children
They can’t contain his excitement.

It's already after midnight
The party comes to an end
And so goes the night of Christmas Eve
And tomorrow is already Christmas Day.

December 17, 2014

In Costa, Maria Leonor. Christmas poems.


Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.